Se você fosse parte de um jardim, seria flor ou erva daninha? Muitas vezes teço esta comparação. Os diversos ambientes em que vivemos são como jardins com seu pequeno ecossistema. Neste jardim, podemos ter árvores, flores e também ervas daninhas. Depende de nossa atitude.

ervas-daninhas-0

Tanto as árvores, flores e as ervas daninhas dividem o mesmo jardim. O sol banha a todos, a água também. Mas os nutrientes do solo tem que ser divididos. Vamos concordar que se houverem muitas ervas daninhas elas vão prejudicar o crescimento das flores e das árvores, pois tomam para si os nutrientes do solo, ou o deixam mais ácido ou básico, incompatível para outras plantas ao seu redor. Este pequeno ecossistema fica prejudicado, certo?

Em nossos grupos de convivência, o sol e a água são o que o ambiente oferece para todos, igualmente. Oportunidades de aprendizagem, de crescimento, de participação, afeto, prosperidade, o ar que respiramos, a casa, escola ou empresa em que nos relacionamos.

O solo e seu nutrientes, entretanto, é o que não vemos. Intangível para alguns, é a energia que cada um emana a todo instante, e que pode transformar-se em um “adubo” ou “veneno” para quem convive no ambiente.

ervas-daninhas-1

Dentro dos grupos dos quais participamos temos pessoas que atuam como ervas daninhas num jardim. Achamos que se removermos a erva daninha os problemas acabam. Mas não é verdade. Elas voltam a crescer. Hoje usam-se métodos de controle naturais. Pequenos insetos que se alimentam da erva daninha, mas não das flores, por exemplo. Também em nossos relacionamentos – em casa, trabalho, estudos, família – não adianta removermos quem nos incomoda. As raízes estão lá, e voltam. Mas temos um modo de controle natural que você pode usar. Ele se chama gratidão.

banner_a-gratidao-transforma

 

O que são as “ervas daninhas”

Vamos pegar por exemplo um ambiente de trabalho, aonde as pessoas gostam do que fazem, das trocas de experiências, oportunidades de crescimento na empresa. Só tem uma coisa que atrapalha: alguns colegas que incomodam com a simples presença deles no ambiente. Neste artigo  falo sobre como é reclamar prejudica a todos. Por mais que todos queiram ignorar, a energia que eles emanam é pesada e desgasta o grupo. O que estes “ervas daninhas” fazem?

-fatalistas, sempre veem crises e desgraças no país e no mundo. De preferência prejudicando a empresa.

– negativos, todos são desonestos, corruptos e a humanidade está perdida, até que se prove o contrário.

-vítimas, sempre algo de errado acontece com eles: é roubado, o carro quebra, briga no trânsito, sofre acidente. E pode contar: tudo isso é inveja dos outros, viu?

ervas-daninhas-5

– invejosos, eles mesmos, sempre acharão um defeito no que você ou seus colegas fazem. O projeto não vai dar certo, a coordenação não vai aprovar, o que os outros fizeram não está bom.

Estas pessoas “vibram” numa frequência baixa que contamina o ambiente. Falo sobre este tema neste artigo.Tenho certeza que você reconhece suas características em muita gente em outros ambientes de convívio. E o que fazer com elas?

 

Por que alguns assumem o papel de erva daninha?

Existe uma frase de Virginia Arcastle que diz o seguinte: “Quando outros pessoas se sentirem importantes e valorizadas, não será mais necessário para elas rebaixarem os outros para parecerem maiores por comparação.”

Concordo com ela, e penso que este é um dos principais motivos de alguém assumir o papel de “erva daninha”. Pessoas que tem um perfil negativo, invejoso, fatalista e que se coloca como vítima normalmente não sentem que tem valor, tem  autoestima e a autoconfiança baixas.

Elas não assumem responsabilidades por seus erros, e obviamente tem que culpar algo ou alguém: a crise, o mundo, os colegas de trabalho, o chefe. Como nunca são responsáveis por nada, costumam ser vítimas, pois atraem situações ruins aonde estão.

Elas se incomodam com quem quer ser flor ou árvore, pois sentem que não tem a mesma capacidade. São invejosas e muitas vezes ríspidas. Algumas são até mesmo traiçoeiras, pois só conseguem se sentir acima de alguém se esta pessoa estiver debaixo da sola de seu sapato. Por este motivo são maledicentes e tentam rebaixar ou tirar do caminho quem tem capacidade: só desta forma conseguem sentir-se competentes.

ervas-daninhas-7

Seria fácil se pudéssemos arrancar as ervas daninhas, ou encontrar quem as eliminasse de forma natural. O ambiente ficaria ótimo, é o que pensamos. Mas estas pessoas que se incomodam com seu sucesso e de seus colegas precisam ser ajudadas e não eliminadas.

 

A diferença entre pessoas e ervas daninhas

Ervas daninhas são plantas, tanto como a flor ou como a árvore. Elas fazem fotossíntese, precisam de água e terra com nutrientes. Algumas até soltam pequenas flores. Porém mesmo que façamos um jardim somente com elas, elas não se tornarão flores ou árvores. Elas continuarão com suas características de pequenas plantas, meio mirradinhas e feinhas, e não há o que fazer para que mudem.

Pessoas são um pouco diferentes de plantas. Em comum, todas precisam de amor, reconhecimento, acolhida, nutrientes morais e emocionais, para que cresçam com uma autoestima saudável, e desenvolvam uma boa autoconfiança. As que não receberam estes “nutrientes” em sua mais tenra formação, porém, diferente das ervas daninhas, podem receber a qualquer momento de sua vida e mudarem sua natureza interna.

Para que se tornem pessoas autoconfiantes e responsáveis pelo que fazem e pelo que ocorre no ambiente que as cerca; para que possam caminhar lado a lado de seus colegas de caminhada, valorizando a equipe e somando esforços, existe uma ação efetiva.

Esta simples ação fará com que estas pessoas “ervas daninhas” mudem suas características, e elas poderão tornar-se “flores” e “árvores” no “jardim” da qual fazem parte.

banner_a-gratidao-transforma 

A gratidão transforma o nosso “jardim”

Se enxergarmos estas pessoas como colegas de jornada e aprendizado, podemos começar a agradecê-las diariamente. Sei que pode parecer difícil no início, mas vamos fazer passo a passo.

Primeiramente agradecemos porque através do contraste de atitudes, sabemos o que não queremos fazer. E isto é muito importante.  Comece, portanto, agradecendo por esta pessoa estar te ensinando isto, e servindo de parâmetro para as atitudes que você toma ou deixa de tomar.

Quando isto já estiver confortável, entramos num segundo momento de gratidão. Eu sugiro que você olhe para estas pessoas e encontre as qualidades que elas tem. Sempre há alguma, não desista! Comece a agradecer diariamente por esta pessoa possuir estas características positivas. Também será interessante se mostrar a ela e aos colegas que participam do mesmo ambiente estas qualidades, valorizando-as diariamente, ou assim que tiver oportunidade.

ervas-daninhas-8

Repito: estimule, incentive e valorize tanto o lado positivo quanto as qualidades destas pessoas. Elas são banhadas pelo mesmo sol, respiram o mesmo ar que você. Se a autoestima e a autoconfiança delas aumentar, a vida delas irá mudar. A felicidade e a satisfação de acordar diariamente fará parte do cotidiano delas, e não precisarão mais usar suas antigas atitudes de vítima, inveja, negatividade aonde vão e com todos que a cercam. E pessoas felizes querem ver as outras felizes.

Se você mantiver sua atitude de gratidão com estas pessoas, conseguirá perceber que elas podem e se transformarão em “flores e árvores”, participando do ambiente em que convivem auxiliando, contribuindo e valorizando a todos.

Assista agora ao vídeo que fiz sobre este assunto.

E se quiser receber mais artigos como este, clique no botão abaixo, para cadastrar-se na nossa newsletter. Deixe seu comentário, diga o que achou deste artigo.Gratidão, e que sua vida se torne um jardim florido!

 

BT_RECEBER

23/09/2016

Ervas daninhas: como combatê-las com a gratidão

Se você fosse parte de um jardim, seria flor ou erva daninha? Muitas vezes teço esta comparação. Os diversos ambientes em que vivemos são como jardins com seu pequeno ecossistema. Neste jardim, podemos ter árvores, flores e também ervas daninhas. Depende de nossa atitude. Tanto as árvores, flores e as […]
22/09/2016

Venda mais: o segredo que não te contaram

A venda é uma prática diária na vida de todos nós, que vivemos numa sociedade capitalista. Se você é comerciante, vende produtos. Se você é autônomo, vender serviços. Se você é um artista, um escritor, um designer, vende ideias ou soluções. Quando saímos de um curso, seja ele técnico ou […]
21/09/2016

Fundo do poço: como repensar sua zona de conforto

Sabe aquele momento na vida em que você se sente no fundo do poço? Quando a sensação é que não dá para descer mais do que aquilo? Quando  parece que tudo o que poderia piorar ou complicar já aconteceu? Com certeza ou você já passou por isso ou conhece quem […]
20/09/2016

Boa Ação: uma atitude transformadora

Você já fez alguma boa ação na vida? Tenho certeza que sim. Mas se você não sabe ao certo, vão aqui alguns exemplos:   -ajudar alguém a carregar as compras; -manter uma porta aberta para alguém que vem logo atrás passar; -pegar algo numa prateleira alta para quem não alcança; […]
19/09/2016

Aproveite o caminho: viva o aqui e agora

Se há algo que sempre falo, é sobre a importância de saber aonde se quer chegar, e traçar  um caminho para alcançar suas metas. Explico sempre como é necessário planejar cada passo para chegar aonde se quer. Caso contrário pode-se chegar perto, em algum lugar semelhante, mas não exatamente aonde […]
15/09/2016

Sofrimento: Supere-o com a Gratidão

Uma frase que sempre uso e repito é: “Coisas ruins também acontecem com pessoas boas.” Na prática isto equivale a dizer que todo, sem exceção, passaremos, em algum ponto da vida por momentos de sofrimento. Doenças, perdas de entes queridos, dificuldades financeiras, problemas emocionais ou de relacionamento… Independente do que você […]
14/09/2016

Como Vencer na Vida e Superar as Adversidades

Hoje quero falar sobre a adversidade, e como a gratidão é uma ferramenta efetiva para superá-la e aprender como vencer na vida. E começarei contando uma história real, de Emma Rothbrust.   Uma história real Emma, uma garota de 16 anos, estava no carro com sua amiga, quando este foi […]
09/09/2016

Estresse: O que é, Principais Causas e Como Curar

Estresse! Acho que não existe palavra mais usada hoje em dia do que esta. As pessoas vivem dizendo que estão estressadas, e não sabem como se livrar desta sensação. Mas, o que é o estresse. Saiba que existe uma forma simples e é o que quero te ensinar hoje: como […]
22/07/2016

Como Ser Uma Pessoa Melhor: 2 Exercícios Simples

Pessoas gratas não usam lentes cor de rosa Hoje eu quero te fazer uma provocação. Algumas pessoas me fazem o seguinte questionamento: “Marcia esse negocio de ficar agradecendo por tudo, agradecendo por todas as coisas que acontecem na vida, agradecendo até pelos problemas, será que a gente não está tentando […]
22/07/2016

Gratidão: 10 Atitudes que Vão Mudar sua Vida

Nesse artigo irei te apresentar 10 atitudes para ser grato de uma vez por todas. Ultimamente venho trabalhando com insistência o tema gratidão porque ele tem trazido excelentes benefícios e vantagens para a vida de muita gente da minha audiência; recebo todos os dias emails e recadinhos dizendo que várias […]