Sabe aquele momento na vida em que você se sente no fundo do poço? Quando a sensação é que não dá para descer mais do que aquilo? Quando  parece que tudo o que poderia piorar ou complicar já aconteceu? Com certeza ou você já passou por isso ou conhece quem tenha passado.

fundo-do-poco-1

 

Agora, leia esta frase:

A verdade é que os nossos melhores momentos são mais propensos a acontecer quando estamos nos sentindo profundamente mal, infelizes ou insatisfeitos. Pois é só nesses momentos, gerados pelo nosso desconforto, que temos a iniciativa de sair de nosso estado e começar a procurar meios diferentes ou respostas mais verdadeiras.(Scott Peck)

banner_a-gratidao-transforma

Scott Peck fala que “nos momentos gerados pelo desconforto é que temos a iniciativa de sair de nosso estado”. E que estado é esse? Ele está falando de quando estamos na chamada zona de conforto. Zona de conforto é aquela situação em sua vida que você não mexe, não muda, porque está acostumado com ela. E, veja bem, estar acostumado não significa que está bom. Só significa que você tende a não se mexer e nem buscar qualquer outro caminho que demande crescimento pessoal ou mudança. No popular, são aquelas frases que escutamos diariamente: “está ruim, mas está bom”; “ruim com ele, pior sem ele”; ou “estou na merda, mas está quentinho!”

 

Uma história sobre zona de conforto

Certa vez, num posto de gasolina, havia um cachorro deitado, ganindo muito. O animal chorava sem parar. Um cliente que estava abastecendo o automóvel, condoído da situação, perguntou para o frentista:

-“O que houve com o coitado desse cachorro, por que ele está chorando desse jeito?”

O frentista respondeu:

-“É porque ele está deitado em cima de um prego”.

O cliente, espantado, falou:

-“E por que ele não sai dali?”

-“Porque não está doendo tanto assim” – respondeu o frentista.

 

Acostumado com o fundo do poço

fundo-do-poco-4

Horroroso, não é mesmo? Mas fazemos isto o tempo todo. Quer ver?

– estou sem dinheiro (ou sem emprego), ou cortaram a luz, a água, o telefone… Reclamo muito, mas não procuro alternativas para isto (fazer marmita, vender cosmético por catálogo ser babá, faxinar, cuidar de um idoso, dar aula particular…)

– meu filho(a) é um(a) folgado(a), malcriado (a), mas eu continuo lavando sua roupa e ouvindo desaforos dele(a) sem lhe chamar a atenção;

– o relacionamento amoroso ou de trabalho me deixa infeliz, mas não saio dele de jeito nenhum.

Parece absurdo o que vou falar, mas acho que se você estiver em alguma situação destas e ainda não se mexeu, é porque precisa piorar mais um pouco! Tem que descer mais uns metros para tocar o fundo do poço com seus pés. E estou falando para o seu bem, acredite.

Quando você chegar no fundo do poço e seu pé tocar aquela lama velha e pastosa, malcheirosa; olhar para cima e ver uma réstia de luz entrando pelo buraco do poço, mal iluminando o lugar aonde você se meteu; sentir insetos tocando tua pele, sem distinguir que raios de bicho é… ah! Tenho certeza de que você irá escalar este poço. Sem se importar se vai deixar as unhas no caminho.

Quando você chega lá no fundo é que reúne as forças necessárias para reagir e sair da situação. Ou você reage, ou vai morrer naquele buraco mal iluminado, cheio de bichos e de lama fedorenta. Quando você está lá embaixo tem tempo para se perguntar como foi parar num lugar desses. Que decisões tomou ou deixou de tomar para chegar nesta situação desagradável. E aí talvez você queira – ou não – tomar alguma atitude ou decisão para sair de sua zona de conforto.

A porta negra

Conta uma história antiga, chamada “A Porta Negra”, que numa época de grandes batalhas existiu um Comandante a quem incumbiam de executar os prisioneiros de guerra. Este Comandante, mesmo não gostando da incumbência, não discutia as ordens recebidas de seus superiores. Porém, como era uma pessoa de natureza generosa resolveu que sempre daria uma última chance para os prisioneiros de guerra que deveriam ser executados sob suas ordens.

A chance que ele dava a cada um deles era o direito de escolher. Ele falava:

“Meu amigo, você tem duas escolhas: a primeira é enfrentar o pelotão de fuzilamento. A segunda escolha é atravessar aquela Porta Negra.”

Cada vez que pronunciava aquela proposta, acompanhava a reação dos prisioneiros e acatava a decisão da maioria deles com pesar. Certo dia comentou a um soldado que o acompanhava:

– “é incrível, soldado, como funciona a alma humana. Estes prisioneiros preferem a certeza do pelotão de fuzilamento do que enfrentarem passar pela Porta Negra.”

O soldado olhou para o comandante e perguntou:

– “Posso perguntar ao meu Comandante o que existe atrás desta famigerada Porta Negra?”

Ao que o Comandante respondeu:

– “atrás desta Porta Negra existe a Liberdade, meu caro soldado. E foram poucos os homens que tiveram a coragem de se decidir por ela.”

fundo-do-poco-0

 

As Portas Negras no nosso dia a dia

Esta história ilustra muitíssimo bem o que acontece conosco quando estamos acomodados numa situação ruim. é o que ocorre quando estamos arraigados em nossa zona de conforto, ou caindo em direção ao fundo do poço sem esboçar reação. Muitas vezes não conseguimos superar o medo que temos do desconhecido, ou de passar vergonha, humilhação. Ou o medo de sermos finalmente responsáveis por nossas escolhas. Preferimos o “pelotão de fuzilamento” diário, em casa, no emprego, numa situação que nos desmerece, a passarmos pelas Portas Negras à nossa frente. Se quiser ler mais sobre a importância das escolhas, clique aqui.

Quer exemplos? É aquele cara que não levanta do sofá para comprar um jornal e procurar os classificados, ou ver se em seu bairro existe algum lugar aonde possa trabalhar. É o outro que prefere ficar no papel de progenitor bonzinho e não coloca limites nos filhos. É ainda outro(a), que prefere manter o emprego ou a relação amorosa aonde é desrespeitado(a), destratado (a), a perder o salário miserável ou a comida no prato.

Scott Peck falou que “os nossos melhores momentos são mais propensos a acontecer quando estamos nos sentindo profundamente mal, infelizes ou insatisfeitos.” É nestes momento que começamos a “procurar meios diferentes ou respostas mais verdadeiras.” Isto equivale à estar diante da Porta Negra, e decidir dar o passo adiante e finalmente cruzá-la, rumo a uma situação nova e desconhecida.

fundo-do-poco-2

A escolha: fundo do poço ou a luz do dia

Quando revisitamos a determinada situação em que estamos, percebemos o que houve de errado, o que fizemos ou o que não fizemos. Podemos “subir as paredes deste poço” conscientes do que precisamos ou não fazer para não voltarmos mais para o fundo. Quando estamos numa situação limite, podemos optar pela Porta Negra que se coloca a nossa frente. Um futuro desconhecido, movido à liberdade de escolha e senso de amor-próprio.

banner_a-gratidao-transforma

Quantas Portas Negras existem neste momento à sua frente? Você já tocou a lama no fundo do poço? Não tenha medo de abrir as portas ou de escalar de volta para a luz do túnel. Esta é a hora de você promover uma grande mudança em sua vida. Confie em você e siga adiante!

E se você gostou deste artigo, compartilhe para que outras pessoas possam também ser beneficiadas com ele. Assista o vídeo que preparei sobre o assunto deste artigo.

E se quiser receber mais conteúdos do blog cadastre-se no link abaixo. Gratidão!

BT_RECEBER

21/09/2016

Fundo do poço: como repensar sua zona de conforto

Sabe aquele momento na vida em que você se sente no fundo do poço? Quando a sensação é que não dá para descer mais do que aquilo? Quando  parece que tudo o que poderia piorar ou complicar já aconteceu? Com certeza ou você já passou por isso ou conhece quem […]
19/09/2016

Aproveite o caminho: viva o aqui e agora

Se há algo que sempre falo, é sobre a importância de saber aonde se quer chegar, e traçar  um caminho para alcançar suas metas. Explico sempre como é necessário planejar cada passo para chegar aonde se quer. Caso contrário pode-se chegar perto, em algum lugar semelhante, mas não exatamente aonde […]
22/07/2016

Como Ser Uma Pessoa Melhor: 2 Exercícios Simples

Pessoas gratas não usam lentes cor de rosa Hoje eu quero te fazer uma provocação. Algumas pessoas me fazem o seguinte questionamento: “Marcia esse negocio de ficar agradecendo por tudo, agradecendo por todas as coisas que acontecem na vida, agradecendo até pelos problemas, será que a gente não está tentando […]
12/07/2016

Ou você aprende ou as lições se repetem

Ou você aprende ou as lições se repetem Você já disse aquela frase: “isto sempre acontece comigo? ” Imagino que sim. Chega a ser irritante quando vemos o mesmo filme passando na nossa frente. E pode ser qualquer coisa. Você pode por exemplo dizer assim: “eu sempre tropeço na calçada”; […]
07/07/2016

A Gratidão Transforma

A GRATIDÃO TRANSFORMA Quero iniciar este nosso contato com algumas perguntas: você acredita em sua própria capacidade? Está satisfeito com sua situação financeira? E com sua saúde? Você se sente desanimado por perceber que mesmo se esforçando sua vida não sai do lugar? Você não está sozinho. Eu já estive […]
04/07/2016

Reclamar é prejudicial à saúde

Hoje reclamar se tornou quase um “esporte” social. Sei que muitos irão argumentar que no mundo que vivemos, com a violência, crise econômica, e tantos outros motivos, só nos sobra reclamar mesmo. Mas é aí que vou discordar de você e mostrar meu ponto de vista, embasado em estudos que […]
28/06/2016

Lei da Atração: Como Funciona + 3 Passos p/ Usar Hoje!

A Lei da Atração Magnética A minha proposta para você hoje é conversarmos sobre a Lei da Atração Magnética para que você compreenda esse tema um pouquinho melhor. É muito curioso porque tem gente que diz: “Eu não acredito em Lei da Atração Magnética ou que isso funcione.” E se […]
21/06/2016

Como Mudar de Vida: Conheça as Principais Atitudes

No artigo de hoje irei mostrar como é possível seus sonhos se tornarem realidade. Neste exato momento estou escrevendo este texto para você em Punta Cana, que faz parte do distrito municipal de Punta Cana-Bávaro-Verón-Macao, em La Altagracia, a província mais oriental da República Dominicana. A região ficou conhecida pelas suas […]
02/06/2016

Aprenda a praticar a Auto gratidão

A Auto Gratidão Hoje eu quero começar essa nossa conversa fazendo um questionamento: quando alguém te ajuda, atende bem ou oferece um serviço ou produto satisfatório, quando teu par é solícito, teus filhos são amorosos, você costuma agradecer? Como venho ensinando aos meus alunos e a todos que me acompanham, […]
01/06/2016

O Quadro Mágico

E então, preparado para aprender a fazer e utilizar um Quadro Mágico? Hoje vou te ensinar a fazer seu quadro mágico, explicar como ele funciona, porque é útil e o que vai trazer de benefícios e resultados fantásticos para sua vida. Como fazer um quadro mágico? Você pode escolher um […]