Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas sobre SUCESSO e PROSPERIDADE

Estresse: O que é, Principais Causas e Como Curar

Estresse! Acho que não existe palavra mais usada hoje em dia do que esta. As pessoas vivem dizendo que estão estressadas, e não sabem como se livrar desta sensação. Mas, o que é o estresse. Saiba que existe uma forma simples e é o que quero te ensinar hoje: como combater o estresse com a Gratidão.

Antes, quero te mostrar a razão de gerarmos estresse.

 

 

gratidao-combate-o-estresse-0-1

Estresse, de onde vem?

O estresse vem do nosso instinto de sobrevivência, desde nossos ancestrais das cavernas. No passado, tínhamos inimigos reais, e as reações desencadeadas no corpo tinham sua função. E hoje?

Toda vez que nos deparamos com alguma situação nova, diferente ou desconhecida, ou quando ficamos na expectativa por alguma coisa, sentimos um frio na barriga, ou vontade de correr para bem longe. Nosso coração pode começar a bater forte, as mãos podem suar…  e se alguém vier falar com a gente bem naquele instante, aiaiai… pode levar um susto, pois podemos perder a paciência rapidinho, gritar, sermos malcriados… E nos chamam de… estressados! Mas isto é a manifestação corporal do medo. E medo de que?

 

Medos causados pelo estresse

-medo de dar tudo errado, de cometermos uma gafe, passar vergonha;

-medo de dar tudo certo, ser o alvo das atenções, ter que lidar com muita gente;

-medo de mudanças em nossa vida, fazer um caminho novo, recomeçar do zero;

-medo de imprevistos e surpresas, do desconhecido, do que não controlamos.

Este mecanismo do medo é verdadeiro, genuíno e já acontecia desde o tempo das cavernas. Na verdade, se não houvesse o medo, provavelmente não estaríamos em tão grande número neste planeta, pois é uma forma de defesa, presente em todo ser vivo. Ele ajuda a te preservar vivo, e desta forma, garantir a continuação da espécie. Vamos voltar no tempo para que você possa entender como acontece todo este processo.

gratidao-combate-o-estresse-2

 

De onde vinha o estresse no passado?

Imagine que na época das cavernas nossos antepassados tinham que caçar para comer. Se embrenhar no mato, atrás de um animal para abater, colher frutos, buscar comida. Na hora de se abrigarem, buscavam abrigos naturais, cavernas, por exemplo. Agora imagine que numa destas incursões para caçar ou para achar um abrigo, este nosso antepassado dá de cara com uma fera, que obviamente vai achar que a caça é ele? É óbvio que vai sentir medo! O medo avisa que aquele animal é perigoso, e ele tem que tomar cuidado, gerando uma situação de estresse.

E aí o corpo começa a fazer seu trabalho, produzindo a adrenalina, que imediatamente cai na corrente sanguínea, provocando várias reações no corpo:

– o coração bombeia o sangue mais rápido;

– as pupilas se dilatam;

– sudorese;

– liberação de glicose na circulação sanguínea, para dar mais energia ao corpo;

– maior aporte de sangue para a musculatura;

-liberação dos esfíncteres anal e da uretra.

Para onde ia o estresse no passado?

Tudo isto descreve o que é chamado de “reação de luta e fuga”- a origem do nosso estresse. Na prática, o que acontecia com nosso parente distante é que os músculos se tensionavam, prontos para correr. O coração começava a bombear mais sangue, para ajudar na fuga. O corpo queimava as reservas de gordura e de açúcar, para produzir “energia” imediatamente para toda aquela ação. O ritmo da respiração aumentava, as pupilas dilatadas mostravam que ele estava atento a cada movimento; ele começava  a suar frio e naquele momento antes de começar a correr dava uma  baita dor de barriga! E o que ele fazia?  Segurava? De jeito nenhum! Eles se “cagavam de medo” literalmente!

 

Reação do corpo ao estresse

Como todo animal com medo, os nossos parentes esvaziavam a bexiga e os intestinos pra ficarem mais leves e correrem mais rápido. Se pensarmos bem, ainda tinha a vantagem de que a fera poderia escorregar na “merda” e demorar mais um pouquinho para alcança-lo!

Com o corpo todo preparado para a ação e sua atenção em cem por cento, ele podia avaliar se aquele bicho era pra matar e levar para o clã se alimentar ou se não valia arriscar a pele e era melhor correr. Percebe que o estresse era uma boa ferramenta naquela época?

gratidao-combate-o-estresse-3

E de onde vem nosso estresse atualmente?

E por que é que o estresse hoje é nosso grande vilão, se ele era antes um mecanismo de defesa? Veja bem, salvo exceções, você que me lê agora não precisa diariamente sair para um ambiente hostil e lidar com animais que queiram te comer. Mas preciso te contar uma coisa: o nosso cérebro não evoluiu tanto assim desde o tempo das cavernas, e nosso mecanismo de defesa continua praticamente o mesmo! E o que acontece conosco então que ativa este mecanismo de defesa?

 

– você sai para o trabalho e sabe que tem uma reunião com o chefe ou alguém que você teme;

– sua sogra vem para jantar e definitivamente ela não é simpática com você e sempre te ataca;

– toda noite ao sair da escola, faculdade ou trabalho você tem que passar por aquele pedaço de quarteirão abandonado por deus e pela prefeitura, e fica com medo de ser assaltado;

– sua ex-namorada(o), ou ex-companheiro (a), resolve seguir você porque te quer de volta;

– no ambiente de estudo ou de trabalho tem um ou mais colegas que te perseguem, o famoso bullying.

-você tem que fazer uma palestra para 300 pessoas daqui a dez minutos.

Confesse: a sua vontade, nestes casos, é fugir da situação ou enfiar um belo soco no meio da cara de alguém, não é? Isso é o que é estresse. Passa um filminho na sua cabeça, e você tem aquele minuto de satisfação. A gente não confessa isto, mas eu te digo, é natural. É o que sua natureza primitiva faria e está pedindo. Mas…

Não somos primitivos. Não vamos bater em quem nos persegue na escola, no colega de trabalho inconveniente, na sogra ou no ex-parceiro que não se toca que a relação já foi. Não vamos correr da reunião que se anuncia com aquele profissional intimidador. E muito menos “fazermos nas calças de medo” diante destas situações! E agora?

Para onde vai este estresse?

Ok, a adrenalina está lá. Circulando e mostrando serviço, aumentando batimentos cardíacos e oxigenação dos músculos; dilatando nossas pupilas e nos deixando atentos a tudo ao nosso redor; dando vontade de ir ao banheiro, fazendo nossas mãos suarem! Para onde vai toda esta energia?

Você vai pedir para seu intestino ficar quieto e esquecer da vontade de ir ao banheiro, vai sorrir para sua sogra, tentar não escutar quem te ofende, ser educado com o ex-companheiro (afinal você é equilibrado…), e respira fundo tentando controlar o coração que quer sair pela boca, enquanto enxuga o suor das mãos num lenço ou na roupa. Isso gera estresse, pois toda a energia que foi armazenada e o corpo preparado não tem finalidade.

Despejando o Estresse nos Outros

Não é a toa que você vê motoristas se engalfinhando no trânsito, ou discussões infantis num bar, ou grita com seu filho pequeno por um motivo banal, por exemplo. É a adrenalina que não foi usada se manifestando. Nos desculpamos dizendo “é que eu estava estressado!”. Mas muitas vezes machucamos ou magoamos quem não tinha nada a ver com o motivo inicial.

gratidao-combate-o-estresse-4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em certos casos não despejamos nos outros o fruto de nossas expectativas, medos, raiva ou qualquer emoção.
Guardamos em nosso corpo. Ele guarda. Segura. Mas tem limite. E um dia, estoura. É quando podemos manifestar uma doença do coração, uma gastrite, infecções de garganta ou na parede intestinal, problemas de rins, de fígado, coluna, olhos, enxaquecas, inflamações em articulações, queda de cabelos ou  pelos no corpo todo… Não machucamos os outros e nos machucamos com os frutos amargos do estresse.

E o que fazer então para combatê-lo?

Como desarmar o mecanismo de estresse

Barbara Frederickson, da Universidade da Carolina do Norte,  interessou-se em estudar exatamente estas situações de estresse mal resolvidas em nosso século XXI. Como fazer para liberar estas emoções e energias mobilizadas ante o que o cérebro sente como um ataque a nossa integridade? Ela descobriu que “rituais, como contar bênçãos, permitem ao sistema de estresse ligar e desligar como deveria.

 

 

gratidao-combate-o-estresse-5

 

Em seus estudos ela percebeu que as pessoas gratas, que anotam suas bênçãos ou compartilham com outras pessoas suas boas experiências, pessoas que expressão a gratidão de forma constante e diária, lidam mais rápida e eficientemente com situações de estresse.

Na prática,  se acontece um problema aonde é gerada uma expectativa ou um medo, as vontades
primitivas são rapidamente substituídas por uma frase  ou comportamento que expresse gratidão pelo aprendizado que teve com aquela situação ou por perceber que possui recursos internos para lidar com ela. A gratidão desliga de imediato aquele mecanismo de estresse, de maneira consciente, para um estado de equilíbrio. Para saber mais sobre isso leia este artigo.

A Gratidão Transforma o Estresse

A gratidão, como você pode ver, é poderosa! Agradecendo pelas bênçãos ou pelos aprendizados que temos com dificuldades que nos aparecem, equilibramos nosso corpo e nossas emoções. Quando estamos em equilíbrio tudo ao nosso redor tende a ocorrer de forma equilibrada também, e mais coisas boas irão acontecer, te dando mais motivos para agradecer. Desta forma você pode criar um “círculo virtuoso”  de maneira consciente e inteligente.

banner_a gratidao transforma

 

Te deixo de presente uma frase para repetir em situações de estresse:

AGRADEÇO POR APRENDER (ESCREVA AQUI O QUE APRENDEU) COM ESTA SITUAÇÃO (PODE DESCREVER SE QUISER). GRATIDÃO, GRATIDÃO, GRATIDÃO!

Agora, confira tudo isso no vídeo:

 

E para continuar recebendo artigos e vídeos de qualidade, cadastre-se em nosso site.

 

BT_RECEBER

QUER SALTAR PARA O PRÓXIMO NÍVEL DE SUA VIDA?

Eu vou te mostrar que SUCESSO não é uma questão de sorte ou azar. A grande sacada do sucesso profissional e pessoal é que ele pode ser construído com o auxílio de uma metodologia específica, que atua sobre as crenças limitantes e os sabotadores, eliminando-os de vez. E isso vai te fazer saltar para novos patamares de resultados, atraindo prosperidade e realização para sua vida.

SAIBA MAIS

© 2016 Marcia Luz. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Termos de Uso. Desenvolvido por Blueberry Marketing.

Top