Marcia Luz ministra palestra gratuita com dicas para pessoas enfrentarem medos e serem mais felizes
22/06/2017
Exercício da Melequinha.
27/06/2017

[Saúde] Conheça o remédio que vai mudar a sua vida

 “’Remédios têm sido tratados como bens de consumo’, diz doutor em toxicologia da USP”.

Não tem como eu falar ou escrever sobre doenças e saúde, sem comentar a respeito do uso descontrolado de medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica. A frase acima, foi dita em uma entrevista pelo doutor em Toxicologia, o professor do Departamento de Ciência Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), Leonardo Régis.

Nessa mesmo bate-papo, realizado pelo jornal Estadão, há um dado ainda mais assustador:

“Nos últimos cinco anos, houve um aumento de 42,6% na venda de remédios no Brasil”

(Fonte:           http://infograficos.estadao.com.br/focas/tanto-remedio-para-que/checkup-5.php)

E dentre os fatores que levam a esse crescimento, estão: pessoas se automedicando e pacientes que entram em consultórios médios já esperando sair de lá com uma receita gigantesca. O fato, é que se criou o sendo comum de que para resolver qualquer problema de saúde, seja uma dor de cabeça ou uma unha encravada, é preciso buscar ajuda em pílulas “milagrosas”.

remédio

O mais curioso é que já ouvi várias histórias de pacientes que saem decepcionados de consultas por não receberem alguma receita. “Aquele médico é muito ruim. Você acredita que ele me disse que se eu fizer exercício físico e melhorar minha alimentação, minha saúde vai voltar ao normal? Nem para dar um atestado ou receita”.

Parece brincadeira, ou exagero, mas infelizmente esse diálogo acima é repetido diariamente. É claro que para doenças mais graves ou crônicas, é preciso um tratamento especial. O problema, é que hoje em dia qualquer dorzinha é sinônimo de remédio. Você vai na farmácia e parece que foi ao supermercado. Tem medicamento para qualquer coisa. Apareceu uma pinta estranha no corpo? Pílula tira manchas. Uma unha cresceu maior do que a outra? Pílula para unhas as crescerem na mesma proporção.

 

“As pessoas não conseguem conviver com a dor”

É inegável que a correria diária tem gerado pressão, estresse e um grande desgaste emocional nas pessoas. Seja por problemas no trabalho, família ou até mesmo por questões financeiras, não falta motivos nessa lista.

Há especialistas defensores da ideia de que hoje em dia as pessoas não conseguem mais lidar ou conviver com a dor, elas buscam por um refúgio rápido. Algo para solucionar o problema, mesmo que temporariamente.

Isso me lembra outra coisa, as doenças têm origem nas suas emoções mal administradas. Na realidade, eu nem gosto de usar a palavra ‘doenças’, pra mim existe apenas uma ‘doença’, a quebra do equilíbrio interno entre o nosso corpo e mente.

 

“Mas Marcia, como assim? Eu não penso que quero ficar doente. Não escolho isso”.

remédio

Olha, não estou aqui para achar nenhum culpado para qualquer problema de saúde. Só que eu preciso te dizer uma coisa: ás vezes, você faz sim essa escolha, mas de maneira inconsciente. Escuto muita gente dizendo que fulano o fez ficar triste, magoado ou irritado. Acontece, que você, eu e todo mundo, somos os responsáveis pelo nosso bem estar. De nada adianta culpar os outros. Se você permite que as pessoas te façam mal, como espera sair feliz e radiante por aí?

Já pensou em trocar esse sentimento de “vítima” de alguém ou de alguma situação, pela busca em compreender os motivos que levaram você ficar doente ou se sentir mal?

Muitas vezes, o que está sendo manifestado no seu corpo é apenas o reflexo de algum sentimento não expresso por você.

remédio

Me diga com sinceridade, o que você tem feito para mudar o seu modo de viver? Qual a sua disposição de melhorar de vida e saúde? Se a resposta for que você tem tentado mudar pelo menos de postura, encarando os problemas com mais leveza e tranquilidade, quero te dar os parabéns. Agora se a resposta for um mero não, gostaria que você lesse esse texto até o final.

Vamos sair dessa zona de conforto? 

Vejo que muitas pessoas têm apreço pela doença. Não que gostem do que ela causa, mas sim do fato de terem uma desculpa para dar em determinada ocasião. “Poxa, não consegui me sair bem naquela prova. Eu estudei muito, mas me deu uma dor de cabeça, febre, tudo ao mesmo tempo. Isso me atrapalhou bastante”.

Quem nunca ouviu algo assim?

Ás vezes, vejo que o problema está em nós mesmos. No modo como encaramos as dificuldades. Você se conforma e insiste em se sentir mal, ou está cansado de agir dessa forma?

 

A gratidão transforma a sua saúde

remédio

Nós podemos curar algum problema de saúde se formos eliminando os sintomas aos poucos. Na verdade, eles existem justamente para nos avisar, emitindo então um sinal de alerta, de algo está errado em alguma parte do corpo.

Só que a maioria das pessoas possui muito medo de lidar com esses sintomas, e não procuram buscar a razão por trás delas.

Por isso, eu quero te ajudar a buscar um tratamento diferenciado para sua doença através de uma análise de todo o contexto da sua vida, sem focar apenas em um sintoma. Compreender e identificar assim as razões reais desses problemas, que vão além dos distúrbios físico-químicos.

remédio

Vou te mostrar que buscar seguir o caminho para promover uma mudança de crenças, de pensamentos e atitudes, não apenas auxiliam na sua cura, mas te ajudará a resolver futuros problemas com mais sabedoria e tranquilidade.

 

 

 

Se você aceitar mudar essa realidade na sua vida, quero te convidar para participar da minha palestra online e gratuita que ocorrerá na quarta-feira, 28, às 20h. Nesse dia, eu lançarei AO VIVO, o meu novo curso ‘A Gratidão Transforma a Sua Saúde”. Vou te apresentar uma nova jornada que mudará o seu bem estar e qualidade de vida.

INSCREVA-SE AQUI PARA A PALESTRA ONLINE.

 

 

 

Quer participar da minha lista VIP no WhatsApp e receber conteúdos exclusivos? Envie seu NOME e SOBRENOME para o meu WhatsApp:  48 99944-8609

Marcia Luz
Marcia Luz
Psicóloga, pos-graduada em Administração de Recursos Humanos, especializada em Gestal-terapia e mestre em Engenharia de Produção. Professora de Pós-graduação e palestrante. Autora dos livros: Lições Que a Vida ensina e a Arte encena, Outras Lições Que a Vida Ensina e a Arte encena , Construindo um Futuro de Sucesso e O Best Seller Agora é Pra Valer. Coach Executiva e Pessoal formada pelo ICI ( Integrated Coaching Institute), com curso certificado pelo ICF ( International Coaching afederation). Sócia-Presidente da Plenitude Soluções Empresariais Ltda. Idealizadora do CONADE - Congresso Nacinal de Autodesenvolvimento - Totalmente online, que reune os Gigantes do desenvolvimento humano no Brasil; Atingindo mais de 22.000 participantes em sua primeira versão (2014).

Deixe seu comentário

Obrigada pelo seu comentário.