Hoje você vai aprender  17 lições para atrair a abundância financeira para a sua vida. Chegou a hora de enterrar o mindset de escassez e criar um mindset de prosperidade.

crise financeira

 

Novos valores para uma vida milionária

Precisamos ressignificar alguns valores que vieram de nossos pais, professores e meio social. Nenhum deles nos passou estes valores limitantes de propósito. Eles também os receberam e os entendiam como verdades, e por isso nos educaram de acordo com estes princípios.

Vamos usar como base o livro Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker. Eu mesma já o li e reli várias vezes. Agora, relendo novamente, percebi que há princípios que vi há um ano atrás, ou mesmo há anos atrás, que ainda não conseguia compreender, pois ainda não estava amadurecida. Conheço este livro desde que foi lançado, e sei hoje que naquela época não conseguia entender mesmo muitos princípios que Eker traz no livro, simplesmente porque eu não acreditava naquilo.

 

Crie mindset financeiro próspero

Eu pretendo encurtar o caminho de vocês para ter a mente milionária. Eu levei mais de 10 anos para conseguir compreender e mudar meu mindset financeiro. Mas se eu fizer com que vocês consigam acelerar este processo, será maravilhoso!

Eu mesma fui refém de crenças limitantes em relação à dinheiro por muitos anos. Passei minha infância, adolescência e parte da vida adulta pensando, por exemplo, que:

-dinheiro era sujo;

-espiritualidade e dinheiro não podiam caminhar junto;

– que se eu era honesta não podia ser rica.

 

poder

 

Sei que estas crenças limitantes permeiam a vida e os pensamentos de muitos de vocês. Tive um exemplo muito claro no Comgratidão, que acabou há poucos dias. O tema “gratidão” em si atrai pessoas que se conectam com o tema bem como com espiritualidade e transcendências. Um dos palestrantes, o André Vendas, estava relatando como saiu de uma situação de miserabilidade extrema, e hoje está bem e próspero. Ele conta o que mudou no mindset dele para que isto acontecesse. Muita gente estava amando a palestra, mas houve um determinado comentário que chamou a atenção. Um dos ouvintes, que já vinha acompanhando o congresso há vários dias, começou a escrever que aquilo era um absurdo: falar de dinheiro durante um congresso sobre Gratidão! Ele se sentiu tão ofendido que se retirou da sala.

Claramente o tema esbarrou em crenças limitantes que a pessoa tinha. Particularmente na crença que dinheiro não combina com Deus, espiritualidade ou ser bom!  Que Deus e dinheiro são coisas opostas. Primeiro temos que parar de achar que dinheiro é associado a coisas ruins. Dinheiro  é abençoado, traz o bem. Constrói hospitais, dá de comer a muita gente, tira gente da miséria.

 

Reconstruir o mindset é a chave

crise financeira

Terei que dizer isto, mas também terei que reconstruir teu mindset. Não se iluda, achando que você já está limpo destas crenças limitantes. Se você não ganha pelo menos 100.000 reais por mês, ou ainda não tem uma conta milionária, sua relação com dinheiro não está bem resolvida.

Não existe fórmula mágica, porém. Não adianta você só assistir estes vídeos e achar que vai ganhar na loteria, ou alguém depositará uma soma milionária na tua conta. Isto não vai acontecer.

Entretanto, participando comigo desta jornada e  fazendo os exercícios, mudará sua postura mental e suas ações. desta forma os ganhos vão chegar para você. você  estará trabalhando de forma diferente, e fazendo por merecer a abundância em sua vida.

 

Um exemplo de mindset miserável

crise financeira

Tenho aqui um exemplo de uma aluna do curso A Gratidão Transforma sua Vida Financeira, que recebeu um “balde de água fria” do marido. Ele começou a contestar tudo o que ela estava fazendo no curso: o caderno da gratidão; o pote da gratidão, as afirmações…

Perguntou se ela acreditava em Papai Noel e achava que fazer aqueles exercícios absurdos  a faria milionária ou algo assim.  Achava mesmo que um pai de família, ganhando salário mínimo, com três filhos, não tendo nem casa própria, se fizesse o tal caderno da gratidão ficaria rico da noite para o dia? Chamou-a de ingênua, e mais um tanto de coisas. Ela veio falar comigo, obviamente chateada.

Falei para ela que o marido ainda não está pronto para mudar o mindset. Para isto, ele terá que ver as mudanças acontecendo na vida da esposa. Só então começará a aceitar como algo plausível e real o fato da pessoa  mudar com os exercícios propostos. Porém, se ele continuar com esta mentalidade miserável e puxando-a para o buraco, a esposa terá que fazer uma escolha.

Não estou fazendo apologia à separação. Muito pelo contrário. Sou casada há 19 anos, feliz , e quero ver todo mundo deste jeito. Mas se a pessoa tem todas as oportunidades à sua frente e prefere continuar com mentalidade miserável, comprometendo a vida do companheiro e da família como um todo, é hora de tomar uma decisão. Ninguém precisa viver na miséria por amor.

 

Quando a família tem mentalidade miserável

crise financeira

Da mesma forma, alguém que tem uma família com mentalidade miserável. Não adianta malhar em ferro frio. A melhor solução é afastar-se do seu núcleo familiar, fortalecer-se, mudar seu mindset e estar firme. Só depois disto você pode voltar para “resgatá-los”. Mostrar, com seu exemplo, que é possível sair daquele padrão de escassez  e ter uma vida melhor.

Sempre comparo isto a um afogamento. Se uma pessoa da tua família estiver se afogando ao seu lado, e você também estiver prestes a se afogar, nade correndo para a praia, pedindo por socorro. Você se salva e salva seu ente querido. Caso contrário, você tenta salvar a pessoa, ela se agarra desesperadamente em você, que está só um pouquinho melhor que ela e, adivinha? Morrem os dois afogados.

Para fazer efeito, não adianta só assistir as “lives” ou ler o artigo. Você terá que fazer os exercícios que irei propor aqui. Não existe milagre, não existe magia. Você tem que se empenhar.

 

Ser próspero te aproxima da tua missão de vida

Se você tiver prosperidade, poderá ter oportunidades de fazer o que ama – ou continuar fazendo o que ama, como eu faço – sem depender necessariamente daquilo para viver. Eu sempre digo: mesmo que  recebesse um bilhão na minha conta bancária e não precisasse trabalhar nunca mais, continuaria a fazer o que faço. Porque não é obrigação, é o que amo fazer, e considero ser minha missão de vida. É isso que desejo para vocês: que possam dedicar-se à missão de vida de vocês, fazerem o que amam diariamente, tendo uma vida próspera e milionária.

 

http://agratidaotransforma.com.br/vidafinanceira/?

 

Jogos de azar

Quanto aos jogos de azar: não tome isto como tua estratégia para enriquecer. Só quem acredita que  ficará rico com a mega-sena é quem tem mentalidade pobre. Não se engane. Precisa mudar a cabeça, o mindset. Senão você pode ganhar todo o dinheiro do mundo, vai voltar para a miserabilidade em pouco tempo.

 

Você construiu a vida que tem hoje

Você construiu a vida que tem hoje. Tenha clareza desse fato! Ponha a mão no peito e diga em voz alta:

“eu construí a vida que eu tenho hoje!”

Se sua vida está maravilhosa, foi você que construiu. E se estiver horrível, também foi você que construiu. Não tem outros responsáveis. Pare de achar que é azar, tua família, teu cônjuge…

Se você construiu tudo o que tem hoje, o lado bom desta história é que pode construir outra realidade, totalmente diferente! Ninguém é refém de ninguém. Veja como é poderoso, você mesmo ser o construtor de sua história. Se antes não sabia disto, não há problema. Agora você sabe.

Portanto, saia do papel de vítima. Quando você está como vítima, você vai para o “buraco”. Assuma a responsabilidade por sua vida e tudo melhora. Vamos construir juntos sua vida milionária.

crise financeira 17 verdades sobre a vida financeira

Tudo acontece a partir do pensamento. O pensamento gera sentimento. O sentimento gera ações. As ações tornam-se hábitos. Os hábitos definem o teu caráter.  E o teu caráter define o teu destino.

Pensamento

Sentimento

Ação

Hábito

Caráter

Destino

 

Isto significa que se o seu destino não está satisfatório para você, primeiro é necessário mudar a sua forma de pensar.

Quem pensa na falta, na miséria, tem o sentimento de ser miserável; terá ações de quem se sente assim (vai viver se privando de tudo, por exemplo); isto se torna um hábito (mesmo que depois tenha dinheiro, continua uma vida de privação). Este hábito torna-se o caráter da pessoa (uma pessoa avarenta, com medo de perder o que tem, muito ou pouco), e seu destino, por exemplo, pode ser ficar sozinho e passando necessidade.

 

Verdade número 1 sobre a prosperidade financeira

Eu crio a minha própria vida.

Quem fala isso são as pessoas que são as protagonistas de sua própria história. O protagonista numa história é o responsável por ela acontecer. A pessoa com uma mente milionária sabe que é responsável por viver em abundância.

Já as pessoas de mentalidade pobre se colocam no papel de vítimas. E como vítimas elas pensam: “na minha vida, as coisas acontecem”.

O que vai definir se você é próspero ou não é o seu perfil, se ele é de protagonista ou de vítima. E para você saber se se encaixa num papel ou no outro, preste atenção nas “pistas” que a vítima deixa.

 

O perfil da vitima

É fácil identificar a vítima. Ela tem três características básicas:

  • A culpa sempre é dos outros
  • Sempre há uma justificativa
  • Vive se queixando

milionaria-9

A culpa é dos outros

Quem se põe no papel de vítima sempre acha alguém ou algo para culpar.

“A culpa é que minha família era muito pobre e eu nasci numa casa miserável.”

“A culpa é do meu marido, com esta mentalidade, que fica me puxando para baixo.”

“O problema é que agora estou morando fora do país, tenho filho pequeno e não consigo decolar minha carreira.”

“O problema é da crise no país. Por isso que minha empresa quebrou.”

 

Sempre há uma justificativa

Para a vítima, sempre haverá uma justificativa para ela estar aonde está.

“Sabe o que é… eu não terminei meus estudos porque tive que sustentar a família.”

“Minha vida está assim porque eu tenho muitos problemas de saúde e eu não consigo trabalhar.”

“Minha vida está assim porque meu sócio me passou a perna.”

E tem outra justificativa, da qual trataremos mais adiante:

“Dinheiro não é tão importante assim. Dinheiro não traz felicidade.”

 

http://agratidaotransforma.com.br/vidafinanceira/?

Vive se queixando

A vítima vive se queixando. Ela reclama que as coisas não estão dando certo. A vida não está como deveria. Que o cônjuge é um traste. Que a situação ou a saúde é precária. Que a mãe é uma megera, e assim por diante.

Pessoas que reclamam o tempo todo não tem mesmo a mente milionária. A reclamação é perigosa porque tudo o que a gente foca, se expande. Ao reclamar, eu ponho foco naquilo, e a vida me dará mais do que eu estou reclamando.

Reclamar é clamar novamente, fala o Aldo Novak. Re-clamar, é pedir com intensidade duas vezes. Pelo amor de deus, pare de clamar pelo negativo!

 

“o dinheiro nem é tão importante assim”

De onde vem este tipo de crença? De crenças limitantes que foram impostas para a maioria da população, principalmente pelos meios religiosos. Não tenho absolutamente nada contra as religiões. Mas existem motivos pelos quais as grandes religiões, já desde a idade Média – e antes disto – falarem para a grande massa, o povo, que dinheiro não era importante.

O motivo é que o poder era concentrado na mão de poucas pessoas, normalmente membros da nobreza e do clero. Para que se mantivesse assim, o povo era mantido sem instrução e acreditando que Deus queria que eles fossem humildes – leia aí, pobres- e mansos – para que não se revoltassem e nem quisessem ter melhores condições.

milionaria-5

Por isso é que era incutido que o dinheiro não era divino. Assim, se a pessoa era miserável na terra, estava garantido para ela o reino do céu. Os ricos, por sua vez, compravam “indulgências”, para entrarem no reino dos céus!

 

O dinheiro é só um instrumento

O dinheiro não é bom nem ruim. Ele assume a função que nós damos a ele. Se o usarmos para comprar uma comida saudável, um agasalho, ou para comprarmos nossa casa, ele é bom. Se  o usarmos para comprar drogas ou para subornar alguém, ele é ruim. Simples assim.

É importante ter clareza que uma pessoa milionária só tem dinheiro porque acha isto bom e importante. Enquanto tiver a crença de ficar rico não é tão importante, o dinheiro não chegará perto de você!

Pessoas ricas tendem a ser generosas. Aliás, exatamente porque elas sempre foram generosas, mesmo antes de enriquecerem, elas recebem de volta oque plantaram.

 

Qual é a vantagem de ser vítima?

A vítima tem uma vantagem nesta conduta:  ela consegue plateia, atenção. Ela também tenta se conectar com as pessoas, mas o faz de modo errado, querendo que tenham pena ou dó.

A maioria prefere ajudar as pessoas que admiram e mostrem que tem potencial. Estas não contam suas mazelas. Elas contam suas lutas e pequenas conquistas, seus sonhos e o que estão fazendo para alcançá-los.

 

 Quer saber mais sobre como ser grato mesmo na crise financeira? Então assista o vídeo abaixo: 

 

Se você deseja aprender mais lições para atrair a prosperidade para a sua vida esse é o seu próximo passo. 

 

 

 

Quer participar da minha lista VIP no WhatsApp e receber conteúdos exclusivos? Envie seu NOME e SOBRENOME para o meu WhatsApp:  48 99944-8609

 

20/09/2017

Como ser grato na crise financeira

Hoje você vai aprender  17 lições para atrair a abundância financeira para a sua vida. Chegou a hora de enterrar o mindset de escassez e criar um mindset de prosperidade.   Novos valores para uma vida milionária Precisamos ressignificar alguns valores que vieram de nossos pais, professores e meio social. […]
11/11/2016

Use seu talento: lição quatro da mente milionária.

Vamos hoje à quarta lição para termos uma mente milionária. Ontem vimos como é importante comprometer-se para tornar-se milionário. Hoje veremos  como usar o seu talento a seu favor. Estamos exercitando as lições do livro Os Segredos Da Mente Milionária, de T. Harv Eker, diariamente. Nós somos o que pensamos. […]